15.11.06

Swallow's Ceremony


“(…)
Oh I'll break them down, no mercy shown
Heaven knows, it's got to be this time,
Avenues all lined with trees,
Picture me and then you start watching,
Watching forever, forever,
Watching love grow, forever,
Letting me know, forever.”
Ceremony, New Order, 1987

Num dia pardacento de Novembro, e com algum atraso, aterrou ao jeito de andorinha corajosa, não temendo intempéries invernosas na rudeza do calhau. O voo picado não cansara e com sua malha riscada e casaco de abafo mais quente, quais armaduras prateadas, fez-se ao céu menos azul e, em tom de desafio, entoou esse seu macio (ainda que inaudível para a maioria) canto.
Sem ninho ou mantimento de reserva rodopiou tendo consigo, somente, um sorriso maroto, mas envergonhado, e aquela estranha confiança a quem as coisas correm, repetidamente, bem. Como não acreditava em deuses da maioria ou, mesmo, aos esquecidos pagãos, fez ninho em menos de seis dias e não descansou no sétimo. Em vez disso, lá faz uns descansos ocasionais entre piruetas e voos contra-picados e adapta-se, SEMPRE, à corrente.
Passam ciclos e luas, ventos e chuvadas, beijos e beliscões. Passam caracois e tartarugas por todo o lado, e, também, ninhos por riachos e tutinegras pelo ar.


Quanto ao menino que, um dia, chorou desalmadamente por uma dessas aves da Primavera, morta entre o vento molhado e o pára brisas, cresceu, seguiu o conselho dado e esperou, ali, no virar da esquina onde a andorinha sorri para si.


Por fim, correm-se jardins, saltam-se festas e trocam-se beijos na madrugada. Ri-se bem alto e não se olha em volta.

16 comentários:

Sof disse...

O menino estava triste? O que teria ele?
Brigou com a mãe?

E a andorinha não sabia voar? Porquê?

Porque é que o menino não descansou no 7º dia?

Os beliscões passam? Às vezes o meu irmão mais velho dá-me cada um que parece q nunca mais vai passar o inchaço e a dor.

Porque é que o menino queria uma andorinha morta?

O vento pode ser molhado?

Como cresce um pára-brisas?

Tatiana Vanessa Trindade
8 anos
Escola C+S da Cova da Moura

Pedro_B disse...

Tatiana: 1. O menino chorava porque uma andorinha tinha morrido contra o pára-brisas. Não brigou com a mãe nem mesmo quando ela lhe tentou explicar que não tinha culpa da andorinha ter morrido.

2. A andorinha não controlava o voo com toda a chuva e vento que se faziam sentir, nesse dia, no santo... Isso ou ficou desorientada com a bela visão daquele menino branquinho de olhos azuis. cof cof!

3. Quem não descansou o sétimo dia foi uma outra andorinha, porque não era crente... e porque tinha de ir trabalhar.

4. Os beliscões só passam com muito pólen ou óleo de fígado de bacalhau, é assim como a papeira... agora a bebé escolhe!

5. O menino queria uma andorinha viva.. teve foi de esperar.. BUEEEEEEEEEEEEEE!

6. Quando o vento está constipadito, pode ser molhado. haverão outras justificações para a sua humidade, mas explico-te daqui a dez anitos, Tatiana-Patrícia.

7. Os pára-brisas são primos afastados dos guarda-sóis e crescem em grutas.

Sam disse...

Sou a prima da Tatiana...Chamo-me Vânia Carina Teles da Costa Trindade... Gostava de saber onde posso encontrar a andorinha, parece bués de fixeee...
Para mais infosss o mail é tchuka_tchuka@hotmail.com...

Era bacano q respondessem, fikem bem, são uns fixolasss... :)

Pedro_B disse...

MENOS!

Sof disse...

Jinhuxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Sam disse...

itsss the buzzzzzzzzzzzzzzzzz, I wishh I wassss...

Pedro Espírito Santo disse...

A cerimónia do "engulir"?

Pedro_B disse...

p87695660: qts anos de inglês tiveste tu? Há por aí dicionário?

Pedro Espírito Santo disse...

Traduz-me que ainda não captei.

Sof disse...

O que engoliu a andorinha?

Pedro_B disse...

98867589089765: Primeiro, a malta não tem de perceber o que escrevo no blog;
Segundo, não é de "engolir", mas de "andorinha". :P

Sof: Andorinha engoliu uma minhoca inteira sem perder o fôlego.

Sof disse...

Oh não! E na se engasgou?

Pedro_B disse...

She's a worm-eater
make you buy cars
make you cut cards
make you fall real hard in love
She's a worm-eater, make you work hard
Make you spend hard
Make you want all, of her love
She's a worm-eater
(desculpa lá, oh Nele!)

Pedro Espírito Santo disse...

Perdoe-me pela minha ignorância, volto as costas envergonhado e dirijo-me para a porta de saída..

Ahh, é verdade, este é um texto fácil de entendeeeeer...

K471 disse...

Só para agradecer a força...

Pedro_B disse...

;) Anytime.