26.8.08

P.S.


uma nova F word. um fazedor de  asas e brilhos. a mesma maçã.

Post-Scriptum. "Em Latim, significa literalmente "escrito depois"; originariamente, indicava algo que julgamos necessário acrescentar a uma carta após o seu encerramento (fecho, assinatura etc). Com o tempo, foi-se percebendo que esta fórmula, além de servir para corrigir nossos lapsos de memória ou simplesmente informar que haviam ocorrido alterações depois que tínhamos dado a carta por concluída, poderia servir como uma subtil estratégia retórica: depois de percorrer todo o corpo do texto, o leitor se depara com uma idéia posta em destaque, plantada ali por nós com aquela mesma aparente despreocupação com que lançamos, na fala, aquele temível "Ah! Antes que eu me esqueça ... ", que sempre anuncia o que de mais importante temos a dizer. É justamente esse efeito "amplificador" do post scriptum o que explica a sua utilização nas cartas e mensagens escritas no computador, uma vez que, com os fantásticos recursos de correção e arrependimento trazidos pelos processadores de texto, poderíamos simplesmente incluir no texto o que tínhamos esquecido. (...)"
Wikipedia. (2008). Post-Scriptum. 26 de Agosto de 2008, de http://pt.wikipedia.org/wiki/Post-Scriptum

5 comentários:

Sam disse...

Ké Ixxxxto??? LOL!

clepsidra disse...

De facto um post-scriptum é sempre delicioso quando comparado com a frieza dos "recursos de arrependimento" dos computadores.

P.S. não consigo adormecer. acho que estou a ser vítima do famoso jet lag. as minhas insónias sempre servem para vir informar-me acerca de maçãs e estratégias de retórica :)

Pedro_Berenguer disse...

Por acaso também sou "fã" dos "post-scriptum's".

P.S. fico mais contente por não ser, eu, o único com o sono trocado, ainda que no meu caso não se deva somente à viagem já que era só uma hora de diferença. Talvez mais à última noite pré-viagem - não dormi nada de nada porque o voo era cedíssimo!

P.S.2. "Pete em horário de verão"

Isa disse...

Ainda não recuperaste o sono perdido?
Grande viagem,essa!

Pedro_Berenguer disse...

Meu problema é não conseguir dormir em qualquer lado - se tivesse adormecido no aeroporto ou na viagem, estava safo. hehe